A Verdadeira Música Cristã e a Responsabilidade de Quem Se Propõe a Servir a Deus através do Ministério da Música

A Verdadeira Música Cristã e a Responsabilidade de Quem Se Propõe a Servir a Deus através do Ministério da Música

Muitas questões sobre música têm sido levantadas nos últimos anos.

Algumas pessoas não gostam do tipo de música que tem sido introduzida na igreja, outros gostam muito. Alguns ganham dinheiro com esta música, outros dizem que se converteram ouvindo algum tipo de música “cristã contemporânea” como o rock gospel (ou rock evangélico) Baseados neste fato, alguns acham que esta música é um dos meios mais eficazes na conquista de almas para Cristo.

Mas o fato é que muitos “acham muitas coisas” e têm muitas opiniões próprias sobre as várias questões que envolvem a música cristã, e a música evangélica. No entanto o mais importante, não é o que eu acho ou o que você acha, não é o que eu gosto ou o que você gosta de ouvir ou cantar, não é o que eu sinto ou o que você sente ao ouvir determinada música, porque nossos gostos e nossos sentimentos não são e nunca serão guias seguros em nenhum aspecto de nossas vidas.

O que importa de fato é o gosto pessoal.

Mas não o nosso gosto pessoal! O gosto pessoal de Deus!

E Deus tem gosto pela música, Ele sempre aceitou a adoração através da música por parte de Suas criaturas. E assim será pela eternidade!

Mas como posso oferecer a Deus o meu louvor através da verdadeira música cristã?

Talvez você se pergunte e existe falsa música cristã? Então lhe pergunto, existe falsa adoração?( Isaías 58:2; Sofonias 1:9; Mateus 15:9) Existe falsa oração? (Isaías 45:20; Oséias 7:14; Êxodo 20:7; Mateus 6:7; Provérbios 28:9) Existem sermões falsos? (Filipenses 1:15; Jeremias 23:31; Ezequiel 21:29; Filipenses 1:17) Existe falso dom de línguas?( 1 Coríntios 14:23; 1 Coríntios 14:6 ) Existem falsos pastores? (2 Coríntios 4:2; Mateus 7:22; 2 Coríntios 11:14,15) Então será que não existe também a falsa música cristã? É lógico que existe! Tendo Satanás a melhor formação musical deste planeta, não iria ele usar uma falsa música para enganar a muitos do povo de Deus?

Mas graças a Deus que podemos pela sua palavra, discernir a verdadeira adoração, a verdadeira oração, um verdadeiro sermão, o verdadeiro dom de línguas, a verdadeira igreja evangélica e a verdadeira música cristã.

Como adventistas cremos que existem critérios cristãos que nos orientam para um vestuário cristão, uma conduta cristã, uma alimentação cristã, enfim, um testemunho cristão. Já ouvi várias vezes da boca de algumas pessoas entendidas de música, que música é música! Não existe diferença entre música cristã e não cristã! E que a música que consideramos cristã hoje, poderá deixar de ser música cristã daqui a alguns anos! E que a música que consideramos cristã hoje, nem sempre pareceu ser música cristã, teve época em que esta música era considerada música secular.

Nesta questão que parece muito bem elaborada e tem até a aparência de um argumento decisivo e final, seria importante analisarmos alguns aspectos de outras interpretações doutrinárias que aplicamos às nossas crenças fundamentais.

Houve uma época na história do povo de Deus aqui na Terra em que o sábado era considerado o dia do Senhor, isto foi desde a criação (Gênesis 2:3) até os dias de Jesus (Lucas 6:6; Lucas 23:56) e nos tempos dos apóstolos (Atos 13:14; Atos 13:42; Atos 16:13). Depois de muitos anos, a igreja passou a adorar e cultuar no domingo e mudou a verdade de Deus em mentira, mudou a lei de Deus.( Daniel 7:25; Romanos 1:25).

Agora pergunto: A verdade sobre o sábado deixou de ser verdade em algum momento?

Ela se tornou mais verdade quando todos a reconheciam como tal e depois quando redescoberta pelos batistas do sétimo dia? Se tornou mais verdade quando esta verdade  foi aceita pelos seguidores de Guilherme Miller: Frederick Wheeler , Raquel Oakes, Thomas Preble, José Bates? Ou quem sabe esta verdade se tornou mais verdade depois que foi aceita por Hiran Edson, Tiago White e Ellen White? Não! Esta verdade sempre foi verdade independente de quem cresse ou não nela.

Esta descoberta sobre o sábado, era a descoberta de que Deus deseja a nossa adoração através da nossa obediência a todos os seus mandamentos.

À partir daí foi-nos revelado que muitos são os mandamentos de Deus que estão contidos em toda a Bíblia, todos eles intimamente ligados ao decálogo. Assim, saberemos que a vontade de Deus sobre a música está revelada em Sua palavra, e ainda nos deixou os escritos de conselhos e advertências nos escritos de Ellen G. White que podem e devem nos ajudar a identificar se existe ou não a música cristã.

No novo testamento encontramos a orientação do apóstolo Paulo para a igreja de Deus em relação aos cânticos que entoamos em nossas reuniões.

Efésios 5:19  falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais,

Colossenses 3:16  Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração.

 

Podemos definir melhor o que seja um cântico espiritual se definirmos a diferença entre as coisas espirituais e as carnais.

Se cantamos um cântico espiritual, ele não deve ser analisado ou estudado do ponto de vista carnal, mas do ponto de vista espiritual.

 

O CÂNTICO ESPIRITUAL É AVALIADO CONFORME AS COISAS ESPIRITUAIS:

Para sabermos a música apropriada, deveríamos comparar a “música espiritual”, com a vontade de Deus.

1 Coríntios 2:13  Disto também falamos, não em palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas ensinadas pelo Espírito, conferindo coisas espirituais com espirituais.

 

O CÃNTICO ESPIRITUAL É UM DOM ESPIRITUAL QUE DEVE  NOS AJUDAR A PROGREDIR E A EDICAR A IGREJA DE DEUS

Se entoamos cânticos espirituais, não necessitamos nós de um dom espiritual para isto?

1 Coríntios 14:12  Assim, também vós, visto que desejais dons espirituais, procurai progredir, para a edificação da igreja.

Podemos então arrazoar que os nossos dons espirituais (inclusive e em especial o dom da música)  devem servir para ajudar a igreja a progredir e para edificá-la.

 

Vamos considerar então dois tipos básicos de crescimento da igreja:

O CRESCIMENTO QUALITATIVO.

O CRESCIMENTO QUANTITATIVO.

 

Estes dois tipos de crescimento não devem andar separados. Devem andar sempre juntos. Pelo menos o objetivo deve ser este. Ajudar a igreja de Deus a crescer em quantidade e em qualidade.

 

O CRESCIMENTO QUANTITATIVO

 

É verdade que se a igreja tem uma boa qualidade ela cresce em quantidade? Nem sempre! O crescimento quantitativo da igreja depende não apenas de nós, mas da atuação do Espírito Santo e da aceitação das outras pessoas. Jesus mesmo nos advertiu do fato de que haveriam casas e cidades em que pregaríamos e as pessoas não aceitariam a verdade.( Mateus 10:14; Lucas 10:11; Atos 13:51) Nos tempos do grande Evangelista Paulo, ele passou pelas duas experiências por várias vezes. Em uma cidade ele pregava e multidões criam, em outra cidade ele pregava e multidões queriam apedrejá-lo!

 

O CRESCIMENTO QUALITATIVO

 

Por outro lado o nosso crescimento qualitativo, não depende de outras  pessoas, depende de cada um de nós e do tipo de relacionamento que temos com Deus.

O crescimento qualitativo da igreja como um todo depende do tipo de relacionamento que cada líder e que cada membro tem com Deus e com a Sua palavra. Como é que se caracteriza uma família de pastores? Quando a maioria dos membros da mesma são pastores! Como se caracteriza uma família de marginais? Quando a maioria dos seus membro são marginais! Como se caracteriza uma igreja que cresce em qualidade? Quando a maioria dos seus membros estão crescendo espiritualmente a cada dia!

Então podemos finalizar este estudo com a definição da verdadeira música cristã.

A verdadeira música cristã é aquela que não apenas fala de Cristo, mas aquela que pode ser usada por Cristo e Para Cristo, ela tem características de Cristo! Pode ser que alguém que não seja cristão, se alimente com uma comida cristã (saudável), use um vestuário cristão (decente), etc. Mas não é possível para um cristão que está em crescimento na sua vida espiritual, que ele continue sendo um cristão, sem adquirir as características de Cristo em tudo que se propõe a fazer pelo seu mestre!

 

Deus nos concede dons e não concede os mesmos dons a todos. 1 Coríntios 12: 28  A uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro lugar doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.

29  São, porventura, todos apóstolos? [não] são todos profetas?[não] são todos doutores? [não] são todos operadores de milagres?[não]

30  têm todos dons de curar?[não] falam todos em línguas?[não] interpretam todos?[não] * entre colchetes: resposta da autora do artigo em curso.

 

Agora pergunto: Tem todos o dom de cantar? Não! Ainda há aqueles que tem o talento mas não tem o dom, pois talento só passa a ser dom quando recebe a unção do Espírito Santo!

 

Aquele que deseja receber a unção do Espírito Santo ao consagrar seus talentos à causa de Cristo deve buscar saber do próprio Deus como Ele deseja usar este talento que está sendo entregue, então o Espírito Santo o ungirá e este talento se tornará um dom que será usado na causa de Deus tal como é descrito

1 Coríntios 14:12  Assim, também vós, visto que desejais dons espirituais, procurai progredir, para a edificação da igreja.

 

Exemplificando:

Algum tempo atrás ouvi uma estória mais ou menos assim:: Um jovem que trabalhava como bóia-fria em um canavial, recém-convertido, teve uma visão. Nesta visão ele viu em letras de fogo as seguintes letras no céu VCC. Depois que teve a visão ficou imaginando o que poderia significar a mesma. Depois de muito pensar, deu a interpretação, que seria: Vem, Cristo Chama! Entusiasmado foi até o pastor da sua igreja e contou ao pastor a sua visão e o seu significado. Ele disse que de agora em diante viveria para pregar o evangelho.

O pastor então lhe perguntou se ele conhecia bem a palavra de Deus para pregar a outros, ao que ele respondeu que sim

– E qual é a sua parte preferida  da Bíblia?

– As parábolas de Jesus, principalmente a do bom samaritano.

– Então, conte-a! – Pede o pastor, querendo conhecer o grau de conhecimento bíblico do futuro pregador do evangelho.

Então o rapaz fez o seguinte relato:

– Descia um homem de Jerusalém para Jericó, e caiu entre os salteadores. E ele lhes disse: Varões irmãos, escutai-me: Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou. E entregou-lhes os seus bens, e a um deu cinco talentos, e a outro, dois, e a outro, um, a cada um segundo a sua capacidade. E partindo dali foi conduzido pelo Espírito ao deserto, e tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, teve fome, e os corvos alimento lhe traziam, pois alimentava-se de gafanhoto e mel silvestre. E sucedeu que indo ele andando, eis que um carro de fogo o ocultou da vista de todos. A rainha de Sabá viu isso e disse: ‘Não me contaram nem a metade’. Depois disso, ele foi até a casa de Jezabel, a mãe dos filhos de Zebedeu, e disse: ‘Tiveste cinco maridos, e o homem que agora tens, não é teu marido’. E olhando ao longe, viu a Zaqueu pendurado pelos cabelos numa árvore e disse: ‘Desce daí, pois hoje almoçarei na tua casa’. Veio Dalila e cortou-lhe os cabelos, e os restos que sobraram foram doze cestos cheios para alimentar a multidão. Portanto, não andeis inquietos dizendo: ‘Que comeremos?’, pois o vosso Pai celestial sabe que necessitais de todas essas coisas. E todos os que o ouviram se admiraram da sua doutrina."

O rapaz entusiasmado perguntou:

– E então, estou pronto para pregar o evangelho?

– Olha, meu filho – disse o pastor – eu acho que aquelas letras no céu não significavam:

"Vem Cristo Chama". Antes, deveriam ser lidas: "Volta a Cortar Cana".

 

 

Se temos o desejo de servir ao Senhor através de qualquer ministério, precisamos aprender qual seja a boa e perfeita vontade de Deus. Se desejamos servi-Lo através da música precisamos aprender antes de qualquer técnica, qual a vontade de Deus para este ministério.  Estamos buscando conhecer a vontade de Deus revelada em sua palavra e nos escritos de Ellen G. White? Se estamos buscando a encontraremos!

 

Por: Adna calson

http://spaces.msn.com/members/musicadventista

Anúncios

Sobre Adna

Sou Cristã, pertencente à Adventista do Sétimo Dia, nascida nesta igreja, frenquentadora, ativa, dizimista... sou esposa, mãe e professora. Gosto de ler, estudar, pregar, partilhar do amor de Deus com as pessoas! Este espaço é para divulgar a minha fé em um Deus amoroso e justo, na Sua palavra e nos ensinamentos dos Seus profetas!
Esse post foi publicado em Música na Igreja Advetista. Bookmark o link permanente.